Skip to main content

Mais um passo foi dado rumo à criação do mais novo polo de frutas do Brasil! A Rota das Frutas RIDE-DF chegou a mais uma cidade: Barro Alto, em Goiás. Na última sexta-feira, 27/10, os produtores locais e empresas interessadas em apoiar a fruticultura se reuniram para conhecer essa nova realidade transformadora. Durante a apresentação, o coordenador da Rota, Luiz Curado, explicou o objetivo principal: gerar riqueza para os pequenos produtores por meio do cultivo de frutas. Para atingir a meta, a Rota possui um projeto estruturado que dará segurança na comercialização e produção das berries  e açaí na RIDE-DF. Isso inclui a distribuição de mudas certificadas e o desenvolvimento de tecnologias de produção, visando alcançar mercados nacionais e internacionais, produzidas pela agricultura familiar brasileira.

Para demonstrar o compromisso da cidade, um seleto grupo esteve presente ao evento: prefeito Álvaro Machado abraçou a ideia da Rota, e em seu discurso ressaltou a busca de novas fontes de renda e o investimento em tecnologia. Também estiveram presentes o secretário de agricultura, Sr. Vilmar; Geraldo Pacheco representando a Embrapa Cerrados; entidades como SENAR-GO, entre outros. A presidente da câmara municipal, vereadora Rogéria Santana ressaltou ainda mais a necessidade da Rota no processo de enriquecimento de Barro Alto. Do lado empresarial, participaram Sr. Rafael Santos, representante da Anglo América, empresa de mineração atuante em toda região, que confirmou o apoio da empresa e a importância da união dos produtores para uma comercialização justa e lucrativa; e o Sr. Thiago Castro, da Technoserve que salientou o comprometimento de  todos neste início de processo de produção frutícola. Zé Beti, um ilustre cidadão de Barro Alto responsável pela presença da Rota no município era só alegria e agradeceu o empenho de todos presentes nessa etapa inicial, de organização do setor produtivo rural. Muita esperança e otimismo no semblante de todos.

Após palestra e a fala do componentes da mesa de oratória, a Rota realizou,  coordenados pelos técnicos Leonardo Frias e Lívia Dutra, ambos da CODEVASF, uma ação que já faz parte das Reuniões de Mobilização: o Diagnóstico Participativo, onde pequenos grupos de moradores se reúnem, frente a frente no meio do salão, no estilo mesa redonda, para um “pinga fogo”, uma  conversa para  elencar todo tipo de problema ligado ao bom funcionamento da atividade rural local, e  consequentemente, discutir e encontrar soluções que garantam o sucesso  do cultivo de açaí e outras frutas na cidade.

Realizando os encontros e reuniões em toda a RIDE-DF (sigla para Região Integrada de Desenvolvimento Econômico do DF e entorno), a Rota se consolida, trazendo oportunidade de trabalho, sustentabilidade, tecnologia e parcerias para os produtores da região.

Agradecemos a Barro Alto pela recepção e seguimos juntos em direção a plena implantação do mais novo polo de frutas do Brasil!. No planalto central brasieiro, terra de goianos, mineiros e “candangos” do DF.

 

master

Author master

mais posts de master

Deixe um comentário